Observador

Primeira gastrónoma cabo-verdiana inova na cozinha e na arte aos 92 anos

Maria de Lourdes Chantre tem no centro do cardápio, a rainha cachupa, cuja origem permanece desconhecida e que está agora "internacionalizada".

Fruta europeia de outono, portuguesa incluída, “altamente contaminada” com pesticidas

As peras portuguesas eram das mais contaminadas com pesticidas, com 68%. No caso das maçãs nacionais, 50% estavam contaminadas, segundo o relatório da PAN Europa

Rebel Patties. O novo burger bar da Rua da Boavista não quer reinventar a roda (mas quer melhorá-la)

Com carne, peixe, frango ou legumes, a carta do Rebel Patties tem sete hambúrgueres (ou patties), três acompanhamentos e oito molhos. Do lado dos cocktails, há mais de dez opções.

Vinho português? Sim, especialmente se for Periquita

O Periquita é um dos vinhos portugueses mais vendidos no mundo e nos EUA não é exceção. Falámos com um dos maiores importadores daquele país, que nos deu ideias para o futuro dos nossos vinhos.

O que comer antes e depois do treino?

Desde tempos imemoriais que a alimentação está ligada ao rendimento físico e se acredita que certos alimentos têm a capacidade de dar ao homem mais força ou melhor desempenho físico do que outros.

Sagarmatha Momo. Tosco, desconfortável e com comida saborosa? É mesa para quatro, se faz favor

Não vamos pelo conceito, sítio, decoração ou serviço. Isto é só sobre a comida e sobre as pessoas que temos connosco. Ideal para quem entende que até no desconforto existe uma boa dose de conforto.

Um festival gastronómico, a reabertura do Bolhão e um espetáculo Extremamente Desagradável: 15 coisas para fazer no fim de semana

Aproveite setembro, o mês dos regressos: dos mercados mais queridos de Lisboa e do Porto, de eventos gastronómicos com dezenas de chefs estrelados, de festivais e exposições de arte.

Seca. Beira Interior com quebras na produção e vinho de qualidade

A comissão de vinho da Beira interior "não consegue contabilizar as possíveis quebras". Os indicadores da seca apontam quebras que podem chegar aos 40% e alertam para "prejuízos mais que certos".

O Jardim do Sr. Lisboa: os legumes e os vegetais são os protagonistas do novo projeto gastronómico de Lisboa

Para um jantar ou brunch, neste Jardim servem-se pratos de matriz vegetal, com uma forte aposta no produto orgânico, sazonal e local. Pedro de Sousa, o mesmo de O Sr. Lisboa, é quem comanda a cozinha.

Horticultores do Oeste desesperam com quebras entre 40 e 50% em várias culturas

Sem água no rio e com a captação subterrânea abaixo dos níveis normais devido à seca, Pedro Guilherme soma quebras na produtividade e prejuízos nas culturas de hortícolas, que levam este agricultor da região Oeste a abrandar a atividade.Aos prejuízos já contabilizados da batata e das couves da última campanha, com preços de venda baixos e custos de produção elevados, este horticultor começa agora a fazer contas à sua produção de abóboras, prejudicada pela seca

Receita a experimentar