No meu Palato

Auge Porto | Uma verdade inconveniente

“Dizia alguém que a verdade é algo de secreto e inexplicável, em vez de ter sentido lógico esta verdade inacessível possui um sentido último...

Hotel República | O maior segredo dos Templários

Peixe, queijo, azeite e fruta fresca eram muito apreciados e consumidos com regularidade. 

Quinta do Convento Branco 2019 | Flores de pedra

Esta colheita de 2019 vem mais uma vez confirmar o carácter único dos vinhos Quinta do Convento e é também, uma evidência muito clara do Douro especial que existe no terroir da Quinta do Convento (vinhas de altitude que evoluem expostas a norte, em solos de xisto, granito e até algum quartzo).

Casa de Chá da Boa Nova | O lunático, o poeta e o (a)mar Português

O menu começa com o Canto I Torrada/Cevada, com pão torrado, manteiga de alga e cerveja artesanal. Resulta de memórias da infância do Chefe Rui Paula e é crocante, untuoso, rico e induz conforto.

Arcadas Quinta das Lágrimas | Ecos de um sorriso

a gastronomia tem de, forçosamente, rimar com alegria. E é sobre alegria empratada no restaurante Arcadas da lindíssima Quinta das Lágrimas que vos falo hoje. 

Brunch Le Monumental | A insustentável leveza do querer

Relembro os mais distraídos que este brunch ganhou o prémio na sua categoria, como o melhor do ano aqui para o blogue. É servido ​na mezzanine do hotel, onde é possível desfrutar de variadas saladas, entradas, mariscos (as ostras são TOP e super frescas!!!), e outras receitas à altura de um bom fim-de-semana em família.

Herdade Vale d’Évora novas colheitas | 50 sombras de uma vinha

As vinhas estão plantadas numa das regiões mais quentes do país, terra árida e agreste, de solos xistosos. Para estas vinhas, sofrer é sinónimo prevalecer.

WOW Porto – The World of Wine | O amor ao vinho num desejo do Deus-lua

Apesar de existirem inúmeros temas nobres para museus e que nos ajudam a perceber um pouco da nossa história, o assunto "vinho" é um daqueles que há mais tempo foi intrinsecamente entrelaçado na trama da nossa memória colectiva.

Herdade da Lisboa | Do Alentejo, com espendor

Essa acidez vínica é bem mais importante do que aquilo que possamos inicialmente pensar. Ela faz com que (tal e qual como acontece quando colocamos sumo de limão no gin, num pudim ou num peixe grelhado) os outros sabores sejam realçados, criando uma sensação de maior harmonia.

Kopke 10 anos Branco e Tawny | O teste da lágrima

Há-os para todos os gostos, brancos, Tawnys, tintos e até rosas. Hoje falo-vos de dois deles, ambos da Kopke, o 10 anos Branco e o 10 anos Tawny, que nos mostram que aquilo que somos é bem mais complexo do que a cor com que nos apossamos apresentar.

Receita a experimentar