Manuel Cardoso

Favas

A Deolinda ofereceu-nos um saco com ervilhas e favas, ainda verdes, presas nos casulos tenros, e nós fizemos um arroz que ficou muito bom.

A aguardente, o vinho e as uvas

As circunstâncias de mercado em que o mundo económico livre actualmente se movimenta, o custo das uvas duma vindima no Douro (vindima mais difícil e mais cara que noutras regiões), e o facto de que, para fazer um litro de aguardente, são necessários sete litros de vinho, ou mais, em média, tudo isso e uma série de argumentos que aqui não cabem...

Sanduíches de Cogumelos

O prodigioso mundo dos cogumelos é sempre uma interface entre épocas e fases da vida, da natureza e do mistério do passado e do futuro, entidades efémeras e, contudo, tão significativas em todos os processos de transformação

Porto: A Um Vinho Desconhecido

Como se fosse um ciclo de eterno retorno, o Douro vê-se a braços com períodos de excesso de vinho. Seja por falta de escoamento, seja por excesso de produção – ou por ambas as ocorrências. Este ano de 2024 parece ser um desses. Mesmo que a vindima venha a ser dentro da média, os armazéns estão cheios, as vendas estão a cair e mesmo que haja a diligência dum fidalgo aprendiz, haverá caves que se arriscarão a ficar inundadas.

Abelhas e Mel

Quer ter uma atitude ecologista, a favor da biodiversidade, da sustentabilidade ambiental e da qualidade de vida no interior de Portugal? Compre e consuma mel português. Habitualmente. Para pôr no pão, para receitas de culinária, para o chá.

Mensagem numa garrafa

O Director Geral do Serviço de Patentes de França, tendo havido uns dias em que não entrara nenhum expediente nem requerimento inovador, demitiu-se, porque, pensou, tudo já tinha sido inventado e nada mais haveria para inventar e o seu cargo deixava, assim, de fazer sentido.

O Porto e o Douro

O Douro e, em especial, o vinho do Porto, irão atravessar uma crise a curto prazo, sem precedentes neste século, a menos que sejam tomadas medidas de grande alcance nos tempos mais próximos: o Porto, a cidade do Porto e toda a área metropolitana do Porto e Gaia, têm de melhorar a atitude perante os vinhos da Região Demarcada do Douro.

Vinhos de Trás-os-Montes

A região de Portugal em que os vinhos são mais originais, mais diferentes entre si e capazes das maiores surpresas é, sem dúvida, Trás-os-Montes. Foi-o desde sempre, a avaliar pelo que há escrito, entre outros, por Júlio Máximo de Oliveira Pimentel, Visconde de Villa Maior, no século XIX, nos seus Preliminares de Ampelographia e Oenologia do Paiz Vinhateiro do Douro e, antes dele, pelo que era o fluir das pipas que, pela Foz do Sabor e pela Foz do Tua, nos barcos rabelos ou nas almadias de cortiça, desciam a caminho dos compradores e exportadores da Régua e do Porto, movimento este a que foi posto cobro pela instituição da demarcação duriense.

A Maria Rita

O restaurante Maria Rita abriu ao público em 12 de Maio de 1966. Se tivesse um balcão a servir bebidas, seria um autêntico pub inglês, mas mesmo assim respira-se nesse ambiente cosy...

Ir para o Convento

Todos nós temos os nossos locais predilectos, que nos ficam para toda a vida, mesmo que só possamos ter estado neles uma ou raras vezes!

Receita a experimentar