Geração Z e as alterações climáticas: 68% considera que a redução do desperdício alimentar é fundamental para travar este problema

A experimentar

O desperdício alimentar e o seu impacto nas alterações climáticas é uma preocupação crescente na sociedade. Sempre existiu a perceção de que os jovens não estão sensibilizados para esta questão, mas a verdade é que a realidade da Geração Z é muito diferente, tal como demonstrado no último estudo da Too Good To Go e do ISIC (International Student Identity Card).

 

Too Good To Go é uma empresa certificada de impacto social, responsável pela maior aplicação do mundo para poupar alimentos e combater o desperdício alimentar. O ISIC, por sua vez, é a única identificação de estudante reconhecida globalmente, oferecendo aos seus portadores acesso a inúmeros benefícios e descontos em diversas áreas, incluindo alimentação, cultura e viagens.

O estudo, elaborado pelas duas entidades, revelou que 68% dos estudantes em Portugal, entre os 18 e os 25 anos, considera essencial evitar o desperdício alimentar para travar as alterações climáticas.

Geração Z preocupada com o ambiente

O estudo, realizado a 1.600 estudantes portugueses, revela que 77% estão preocupados com o futuro do planeta e com a sustentabilidade. Neste sentido, o combate ao desperdício alimentar é identificado pelos jovens como uma questão decisiva, já que 2 em cada 3 considera fundamental enfrentar este desafio para garantir um futuro mais verde. (…).

 

Continue a ler o artigo em TecnoAlimentar.

Últimas