https://images.impresa.pt/expresso/2024-06-24-ode-winery-2.jpg-c9f72762-1/1.91x1/mw-1200?outputFormat=jpeg

Com taberna japonesa, conheça a quinta no Cartaxo que produz o melhor vinho branco do Tejo

A experimentar

https://images.impresa.pt/expresso/2024-06-24-ode-winery-2.jpg-c9f72762-1/1.91x1/mw-1200?outputFormat=jpeg

Localizada no Cartaxo, a Ode Winery abriu portas há dois anos e brilhou agora no Concurso Vinhos do Tejo, com o Enóloga branco 2022 distinguido com a medalha Grande Excelência. Conheça este projeto de enoturismo que guarda ainda uma taberna japonesa.

Ode Winery é o nome do mais recente produtor de vinhos do concelho do Cartaxo. À vinha e à adega, juntou-se o restaurante Cellar Door, inspirado nas tascas japonesas. O alojamento é o próximo passo. Ninguém fica indiferente ao enorme edifício localizado no coração de Vila Chã de Ourique, agora pertencente à dupla de australianos David Clarkin e Andrew Homam, apaixonados por Portugal. Em nome de um passado ligado ao homem visionário, que foi Rogério Ribeiro, proprietário destas terras, e em homenagem às castas autóctones, às quais se quer dar maior primazia, os investidores chegaram ao consenso de chamar ao projeto Ode Winery.

Continue a ler o artigo em Expresso.

Últimas