Guarda Wine Fest com três dias de vinho, música e gastronomia em julho

A experimentar

O Guarda Wine Fest vai juntar durante três dias 50 produtores da Beira Interior, do Dão e do Douro, associando vinho, gastronomia e música à promoção do território.

O evento de verão, que volta a ter como palco a Alameda de Santo André, na Guarda, realiza-se de 12 a 14 de julho e terá como convidada a região da Bairrada.

Para o presidente da Câmara Municipal da Guarda, Sérgio Costa, este festival de vinho é uma iniciativa diferenciadora, importante para promover o território e o turismo e também para dinamizar a economia local.

O autarca apontou que apesar de já se realizarem eventos idênticos noutras zonas do país, o Guarda Wine Fest tem uma abrangência única.

O evento, disse, contribui também para “afirmar a capitalidade da Guarda” e deve ser motivo de orgulho sempre que a cidade “é bem falada”.

Sérgio Costa defendeu que a Guarda, sendo capital de distrito e sede da Comunidade Intermunicipal Beiras e Serra da Estrela, tem uma responsabilidade acrescida na dinamização de iniciativas desta dimensão.

O Guarda Wine Fest, que se realiza pela terceira vez, é organizado pela Câmara da Guarda e pela Comissão Vitivinícola Regional da Beira Interior (CVRBI).

O programa inclui provas de vinho, ‘showcookings’, conversas dinamizadas por especialistas, espaços de restauração e momentos musicais. O evento conta com espetáculos do Guarda in Jazz e haverá também uma Wine Party.

Na apresentação, hoje de manhã, no local onde se irá realizar o festival, o presidente da CVRBI, Rodolfo Queirós considerou que o evento que vai na terceira edição está consolidado.

“É já uma referência regional, nacional e até transfronteiriça, tendo em conta que já vem muita gente de Espanha neste fim de semana visitar-nos”, apontou.

O dirigente explicou que a decisão de convidar a região da Bairrada para o evento “foi um passo natural”, até porque sendo um evento de verão o espumante que marca a produção vitivinícola daquela zona “é uma bebida de calor”.

Na mesma sessão, o presidente do Instituto dos Vinhos do Douro e Porto, Gilberto Igrejas, declarou ser “um privilégio estar associado” ao Guarda Wine Fest, considerando ser uma boa combinação.

“É uma parceria perfeita, porque podemos estar neste espaço a usufruir de três dias de convívio e ao mesmo tempo perceber aquilo que os nossos agentes económicos fazem de melhor na região”, sustentou.

Já o presidente da Comissão Vitivinícola Regional do Dão, António Mendes, salientou a importância da vinicultura para territórios de baixa densidade e da cooperação entre as várias entidades.

“Esta cooperação dá-nos mais força a todos e mais visibilidade. Cooperar entre as várias comissões é sempre muito importante”, reforçou o dirigente.

O Guarda Wine Fest abre as portas no dia 12 de julho às 18:00 e nos dois dias seguintes às 17:00. O evento encerra nos dois primeiros dias às 00:00 e no último às 22:00.

Últimas