Exportações de vinhos portugueses sobem para 212 ME até março

A experimentar

As exportações de vinhos portugueses cresceram 0,01% no primeiro trimestre para 212 milhões de euros, anunciou hoje a associação ViniPortugal.

“As exportações totais de vinhos portugueses no primeiro trimestre de 2024 alcançaram em valor 212 milhões de euros, 74 milhões de litros em volume, com um preço médio de 2,85 euros por litro”, indicou, em comunicado, a ViniPortugal.

Em comparação com o mesmo período de 2023, verificou-se um crescimento de 0,01% em valor e um crescimento do preço médio em 2,20%. Já em volume registou-se um decréscimo de 2,14%.

França (24,8 milhões de euros), Estados Unidos (23,7 milhões de euros) e o Brasil (18,3 milhões de euros) são os principais mercados de exportação.

No que diz respeito ao preço médio, entre janeiro e março, os Países Baixos são o mercado com uma melhor ‘performance’, apresentando um aumento de 32,93%.

A associação destacou ainda o mercado da China, que representou, no período em análise, dois milhões de euros, um acréscimo homólogo de 12,13% relativamente ao primeiro trimestre de 2023, recuperando após vários anos de quebras.

“É inegável o papel que as exportações de vinho português têm tido no aumento da visibilidade e reputação de Portugal enquanto produtor de referência. Nos últimos anos, as exportações de vinhos portugueses têm demonstrado uma resiliência constante, impulsionada pela qualidade dos produtos, pela eficiência das estratégias de ‘marketing’ e pela expansão dos canais de distribuição”, apontou, citado na mesma nota, o presidente da ViniPortugal, Frederico Falcão.

A ViniPortugal é a Associação Interprofissional do Vinho, que tem por objetivo promover a imagem de Portugal enquanto produtor de vinhos.

Últimas