Viúva Gomes refresca imagem e vinhos

A experimentar

Com a mensagem “o futuro faz-se com o passado”, a Viúva Gomes, marca histórica da Região de Colares, refresca a imagem e renova a estrutura dos vinhos.

José e Diogo Baeta são a quarta e quinta geração da Viúva e pretendem valorizar os pequenos terroirs dentro da região de Colares, aprofundando a atual divisão que apenas distingue solos arenosos e os “outros”, denominados por solos “rijos”. Por um lado, as uvas para os DOC Colares crescem em solos arenosos, de vinhas plantadas em pé-franco, maioritariamente com as castas Malvasia de Colares (brancos) e Ramisco (tintos). Por outro, os vinhos produzidos nos restantes solos entram para o largo espetro de aptidão para IGP Lisboa.

Continue a ler o artigo em Revista de Vinhos.

Últimas