O Impacto das Redes Sociais na Gastronomia e nas Empresas: das Cozinhas aos Influenciadores Digitais 

A experimentar

Hoje, trago um tema essencial para a gastronomia portuguesa: o impacto do mundo digital na restauração. É uma questão que, nos dias que correm, poucos podem dar-se ao luxo de ignorar, pois tem transformado significativamente a forma como os restaurantes operam, como comunicam com os clientes e, até mesmo, como os pratos são criados e servidos. 

Vivemos numa era onde plataformas como o Instagram, o Facebook, o TikTok, não são meras ferramentas de comunicação, mas sim verdadeiros motores de mudança não apenas para os restaurantes, mas também para hotéis, produtores de vinho, produtores de azeite… Quando fundámos a Bastarda em 2016, hoje uma das maiores (e melhores) agências de marketing e comunicação do Porto, uma das nossas áreas de negócio era precisamente a gestão de redes sociais para pequenas e médias empresas. Rapidamente, a restauração se tornou o nosso maior vertical, com mais de 100 restaurantes espalhados pelo país. Crescemos nesta área não só porque éramos bons e apresentávamos resultados, mas também porque na altura este canal era subestimado e visto como secundário para muita gente. Bastaram umas excelentes fotografias a um preço competitivo que já nos destacamos no mercado. Contudo, com o tempo, as redes sociais tornaram-se mais exigentes, o mercado mais competitivo e os clientes mais seletivos. Primeiro surgiu a necessidade de uma resposta quase em tempo real às mensagens, anúncios e promoções de posts, depois veio a importância de um bom trabalho de comunidade, seguido pela ascensão dos influenciadores digitais, dos vídeos curtos e assim sucessivamente. Se refletirmos, até na decoração do espaço, procura-se sempre ter pelo menos uma coisa que seja altamente instagramável, quer seja uma peça de arte, uma escultura, um jardim vertical ou até um neon. 

Hoje em dia, mais do que nunca, a presença digital é fundamental para o sucesso de qualquer negócio na indústria da restauração. Com mais de metade da população mundial a utilizar redes sociais, não podemos subestimar o poder e a influência que estas plataformas têm na forma como os consumidores descobrem, escolhem e interagem com os restaurantes. 

Neste mundo digitalizado, os influenciadores tornaram-se também verdadeiros “game-changers” na gastronomia. Já não é suficiente apenas ter boas publicações sobre os nossos produtos. Com a capacidade de criar conteúdo envolvente e autêntico, estes novos influenciadores gastronómicos têm vindo a moldar as preferências dos consumidores e a impactar diretamente o sucesso dos restaurantes. Desde pequenos stories a posts mais elaborados, estes influencers

digitais têm o poder de fazer ou quebrar a reputação de um restaurante com apenas um clique. 

Ao pormos as pessoas a falar de nós, estamos a abrir portas para uma audiência totalmente nova, ansiosa por descobrir novos sabores e experiências. Mais do que apenas promover os nossos pratos, esta parceria permite-nos contar histórias autênticas e envolventes que ressoam com os seguidores dos influenciadores. É uma forma poderosa de criar ligações genuínas com potenciais clientes e de nos destacarmos num mar de opções gastronómicas online. 

Portanto, já não basta ter um bom prato ou um restaurante confortável ou umas redes sociais atualizadas. Hoje em dia, os restaurantes que conseguem prosperar são aqueles que compreendem e valorizam a importância dos influenciadores digitais, reconhecendo-os como players do mercado tão ou mais importantes do que os críticos gastronómicos ou jornalistas. Ao abraçarmos esta nova realidade digital e ao trabalharmos em estreita colaboração com os influenciadores, podemos não apenas atrair novos clientes, mas também criar experiências memoráveis que se destacam num cenário cada vez mais competitivo. 

A era digital transformou irreversivelmente o panorama da gastronomia e da indústria da restauração, impulsionando uma revolução desde as cozinhas até aos dispositivos dos consumidores. As redes sociais, longe de serem apenas uma ferramenta de comunicação, emergiram como um poderoso catalisador de mudança, redefinindo não apenas a forma como os restaurantes operam, mas também como são percebidos e apreciados pelo público. 

Em última análise, ao abraçar esta nova realidade digital e reconhecer o poder dos influenciadores, os restaurantes passam não só a conquistar novos clientes, mas também criam vínculos duradouros e experiências que transcendem as fronteiras do espaço físico do seu restaurante, destacando-se num cenário cada vez mais competitivo e digitalmente exigente. 

Na gastronomia contemporânea, o ingrediente crucial para o sucesso já não é apenas o sabor, mas sim a habilidade de cativar, influenciar e deixar uma marca inesquecível nesta era dos cliques e dos likes.


João Monteiro
Empreendedor

 

Partilhe este texto:

Últimas