No Ciclo, a ementa é saboreada ao ritmo da Natureza

A experimentar

Na Mouraria, em Lisboa, José Neves e Cláudia Silva abriram um restaurante de 20 lugares. À mesa, privilegiam os vegetais, peixe menos nobre, porco preto e vinhos naturais

A vida dá muitas voltas, é feita de ciclos, e no caso de José Neves e Cláudia Silva, ambos de 33 anos, não foi diferente. “As estações do ano são um ciclo, a época dos legumes e da fruta também, assim como o nosso percurso”, confirma José Neves. Em Lisboa, trabalhou durante cinco anos com Bertílio Gomes no restaurante Chapitô. “Aprendi muito em termos de cozinha, e ficámos bons amigos”, conta. Ainda passou pelo Pesca, de Diogo Noronha, até que, em 2017, decidiu deixar Portugal. “Sentia-me pouco desafiado e resolvi, com a Cláudia, procurar novas oportunidades em França.” (…).

Continue a ler o artigo em Visão.

Últimas