Enoturismo: Razões estratégicas para investir e progredir no sector do Turismo de Vinhos

A experimentar

O enoturismo é uma área que está a despertar um interesse crescente um pouco por todo o mundo.

E porquê? Porque une dois sectores que também eles, de forma independente, se revelam de extrema importância na economia global: Turismo e Vinho.

A gastronomia desperta emoções, aproxima pessoas e cria memórias, gastronomia é cultura e tradição!

Dados recentes mostram que a comida e vinhos está a ganhar peso no momento de planear viagens e, consequentemente, o turismo gastronómico é uma tendência real. Mostram também que a facturação da actividade do enoturismo irá atingir valores como US$ 292,538.4 M.

O Enoturismo insere-se no turismo gastronómico e assume diferentes formatos, muito além das portas de uma adega. E mais que uma actividade fascinante, o Enoturismo é, cada vez mais, uma parte fundamental no negócio do vinho, ainda com muito por crescer, desenvolver e explorar.

Não só é uma forte ferramenta de Marketing para as adegas, como permite partilhar os seus valores, criar laços duradouros e fidelizar os seus clientes e parceiros.

Ao longo dos últimos cinco anos tenho observado uma crescente consciencialização por parte das adegas – pequenas, médias ou mesmo grandes – de que o enoturismo é o caminho a seguir para consolidação da sua marca de vinhos e fidelização de clientes.

Continue a ler o artigo em Entre Vinhas.

Últimas