https://images.trustinnews.pt/uploads/sites/5/2024/02/240229_LF_2MONKEYS-24-1-crop-1709285628-5760x3024.jpg

Vítor Matos: “Com a segunda Estrela Michelin vou ter de repensar a minha vida”

A experimentar

https://images.trustinnews.pt/uploads/sites/5/2024/02/240229_LF_2MONKEYS-24-1-crop-1709285628-5760x3024.jpg
O chefe de cozinha transmontano, de 46 anos, foi quem mais brilhou no primeiro Guia Michelin Portugal. “O que é uma Estrela? É apenas uma recomendação para as pessoas nos irem conhecer”.

O olhar e as palavras de Vítor Matos, poucos minutos depois de ver o restaurante Antiqvvm, no Porto, receber a segunda Estrela Michelin, espelham surpresa e emoção. “Não estava à espera”, confessa, partilhando a distinção com a sua equipa “muito jovem”, sem a qual, enaltece, “nada disto seria possível”.

Antes, já o chefe de 46 anos, nascido na aldeia de Jorjais, Vila Real, tinha subido ao palco do centro de congressos do hotel Nau Salgados, em Albufeira, quando foi anunciada a atribuição de uma Estrela Michelin para o 2Monkeys, aberto em junho de 2023 no Torel Palace Lisboa, cuja cozinha partilha com Francisco Quintas, de 25 anos. À lista pode-se ainda juntar a atribuição do prémio de Jovem Chef a Rita Magro, responsável pelo portuense Blind, outro restaurante sob a tutela gastronómica de Vítor Matos, e que está na lista dos recomendados.

Continue a ler o artigo em Visão.

Últimas