Este vinho português custa 500 euros e já só há pouco mais de 300 garrafas para vender

A experimentar

Há um vinho português exclusivo do qual apenas foram produzidas 863 da colheita de 2013 e que tem apenas à venda pouco mais de 300 garrafas a um preço de 500 euros.

Chama-se Czar e é um DOP Pico, dos Açores. O vinho Verdelho produzido no Pico, que respeita as técnicas e tradições seculares, faz parte da história dos vinhos do Mundo. Além de ter chegado às Índias Orientais, Nova Inglaterra e Terra Nova, e de ter sido exportado como vinho da Madeira, foi também servido à mesa dos Czares da Rússia, que enviavam propositadamente os seus barcos aos Açores para carregar o vinho com destino aos banquetes reais.

“No decorrer do século XIX, existem registos de terem sido exportados para a Rússia 23.250 litros de vinho passado, para o porto de São Petersburgo, onde se encontrava a corte mais rica do mundo na época. O gosto pelo vinho do Pico foi confirmado após a Revolução Bolchevique quando foram encontradas garrafas de vinho passado do Pico nas caves do Palácio de Inverno”, explica o produtor na sua página.

Continue a ler o artigo em Executive Digest.

Últimas