Projeto digital “Discover Douro” leva à descoberta dos 19 municípios da região

A experimentar

A Comunidade Intermunicipal (CIM) do Douro apresenta a 28 de fevereiro o projeto digital “Discover Douro, que inclui um portal e uma aplicação para guiar os turistas na descoberta dos 19 municípios do território, foi hoje anunciado.

O ‘website’ e a ‘app’ visam a promoção do território e segundo disse a CIM, em comunicado, são ferramentas para os visitantes criarem o seu próprio roteiro pelo Douro.

“A partir de agora poderá levar o Douro consigo para qualquer lado. Poderá pesquisar eventos, notícias e muito mais, com informação do território atualizada frequentemente. Poderá descobrir ofertas e conteúdos apelativos, independentemente da altura do ano”, afirma a comunidade que agrega 19 municípios.

Através destas ferramentas digitais, os visitantes podem aceder a informação sobre o que visitar, onde comer, onde se divertir ou onde dormir.

A comunidade garante que a plataforma e aplicação “são de fácil uso e interpretação”.

Disse ainda que se pretende que este “seja o maior portal do Douro” e que o objetivo “é contribuir para a promoção da região”.

A apresentação do “Discover Douro” (descobrir o Douro) acontece a 28 de fevereiro, em Lisboa.

Este projeto digital junta-se ao Passaporte Douro, lançado pela CIM Douro no verão de 2021, uma iniciativa que quis impulsionar o turismo no território após a pandemia de covid-19. O passaporte inclui 76 pontos de interesse.

Agora, através da ‘app’, por cada passagem no ponto de interesse e finalizada a viagem, poderá ser carimbado o passaporte e, quando este estiver completo com os 76 carimbos, o visitante será premiado.

Neste passaporte, que é também um guia, cabe “todo o Douro”: os patrimónios mundiais da UNESCO, os rios, as vinhas em socalco, os miradouros, os monumentos, os museus, as igrejas históricas, e tudo aliado à história, à gastronomia e à promoção dos produtos locais.

A região une três patrimónios da humanidade, desde as gravuras do Vale do Côa (1998), o vale do Douro (2001) e o barro preto de Bisalhães (2016).

Da CIM Douro fazem parte os concelhos de Alijó, Armamar, Carrazeda de Ansiães, Freixo de Espada à Cinta, Lamego, Mesão Frio, Moimenta da Beira, Murça, Penedono, Peso da Régua, Sabrosa, Santa Marta de Penaguião, São João da Pesqueira, Sernancelhe, Tabuaço, Tarouca, Torre de Moncorvo, Vila Nova de Foz Côa e Vila Real.

Últimas