Vinhos do Tejo lançam projeto coletivo para alavancar a casta Fernão Pires

A experimentar

Em Junho instituiu-se e celebrou-se o Dia da casta Fernão Pires (20 de junho), uma iniciativa da Comissão Vitivinícola Regional dos Vinhos do Tejo (CVR Tejo), com o apoio da Câmara Municipal de Almeirim, que assim deu mais um passo na promoção desta casta. Para além de um conjunto de iniciativas, como adegas portas abertas, degustações livres e uma prova didática, a entidade elegeu esta efeméride para apresentar oficialmente, em Portugal, o projeto de união e esforço coletivo Campo do Tejo® Fernão Pires e seus vinhos, sendo atualmente uma trilogia.

Como o nome evidencia, Campo do Tejo® Fernão Pires é um cluster de vinhos brancos feitos à base de uvas de Fernão Pires, na sua maioria provenientes do terroir Campo – na região existe ainda o Bairro e a Charneca. O Campo abrange as áreas de vinha situadas ao longo das duas margens do rio Tejo, numa extensão de mais de 80 quilómetros, na área geográfica do Ribatejo. Estas uvas beneficiam de um microclima, com manhãs enevoadas, dias quentes e noites frescas e húmidas, o que confere frescura, acidez e grande vivacidade aos vinhos. Campo do Tejo® Fernão Pires representa um perfil específico de brancos feitos com esta casta: leves, frescos e com pouco álcool (até aos 12%), ideais para consumir de forma descontraída, no dia-a-dia, a solo ou com comida. Brancos vibrantes, a evidenciar a frescura que carateriza os Vinhos do Tejo.

Continue a ler o artigo em Enoturismo de Portugal.

Últimas