Dia Mundial do Queijo: tudo o que devemos saber sobre conservação do queijo

A experimentar

No dia 20 de janeiro celebra-se o Dia Mundial do Queijo. Este alimento, que tem imensas variações, é adorado por imensas pessoas um pouco por todo o mundo! Servir uma tábua de queijos a acompanhar um bom vinho é o aperitivo perfeito para celebrações em casa ou fora dela ou para um jantar a meio da semana. A dúvida está em como guardá-lo e conservá-lo após ser aberto. A Phenix, start-up que tem como objetivo combater o desperdício alimentar e não alimentar, pensou em tudo e vai ajudar a conservar o queijo de modo a evitar, acima de tudo, o seu desperdício.

SOBRE O QUEIJO – pegada hídrica: segundo a FAO, a pegada hídrica da produção de 1kg de queijo é de 5000L de água. Analogamente à pegada ecológica, a pegada hídrica está relacionada com o impacto do uso da água, ao contrário do uso da terra. A pegada hídrica é o indicador que analisa o uso direto e indireto da água do consumidor e produtor. É definida, então, pelo total do volume de água doce necessária para produzir um produto.

COMO CONSERVAR QUEIJO EM CASA? Antes de mais: conservar queijo no frigorífico é uma boa maneira de ajudar na sua durabilidade! Cada queijo pede um cuidado específico quer pela sua textura, categoria ou sabor. De seguida, a Phenix apresenta algumas propostas para conservação dos diferentes tipos de queijo:

🧀 QUEIJO FRESCO 

O queijo fresco como o cottage, ricotta, feta, entre outros igualmente pertencentes a esta categoria, devem ser conservados num recipiente hermético e não na própria embalagem em que são comprados. Deve ser retirado o soro que o acompanha e colocá-lo, posteriormente, na parte mais fresca do frigorífico.

🧀 QUEIJO CURADO

Este tipo de queijo é aquele que conhecemos como seco, bem como o queijo alcanis, queijo cabra serrano, queijo castelo branco, entre outros. A sua durabilidade é tendencialmente maior que os outros queijos. Como passam por um processo de maturação mais longo, duram mais tempo. Devem ser conservados num recipiente bem fechado na zona menos fria do frigorífico. Os queijos curados, depois de abertos, aguentam até seis dias no frigorífico. Se permanecerem selados, aguentam até seis meses.

Continue a ler o artigo em TecnoAlimentar.

Últimas