Cinco propostas sustentáveis combater o desperdício na sua cozinha

A experimentar

⅓ dos alimentos são desperdiçados pelos consumidores e este é um excelente ano para mudar estes números. E por onde começar? A Phenix, start-up que tem como objetivo combater o desperdício alimentar e não alimentar, compilou o top cinco de propostas sustentáveis para pôr em prática em 2024 e promete que são sugestões acessíveis a todos.

1- SALVAR FRUTAS E LEGUMES ‘FEIOS
É a primeira proposta sustentável, porém, como salvar este tipo de alimentos? É verdade que distribuidores de grandes superfícies comerciais são muito cautelosos na apresentação e venda de produtos que apresentam pequenas mazelas ou riscos. No entanto, é possível encontrar estes alimentos em supermercados de bairros e mercados. Os alimentos ‘menos bonitos’ são frequentemente mais rejeitados, mas são tão ou mais deliciosos do que qualquer outro alimento com uma aparência mais perfeita. Este ano privilegia os espaços locais ou mercados!

2 – SALVAR PRODUTOS COM DATA DE VALIDADE CURTA.
Existem duas diferenças cruciais, nomeadamente a data limite de consumo e a data de durabilidade mínima.
DLC: data limite de consumo, data a partir da qual pode ser prejudicial consumir o produto. Os produtos desta categoria têm no seu rótulo ‘consumir até’.
DDM: data de durabilidade mínima, que é uma data indicativa em que podes consumir o produto. Os produtos desta categoria têm no seu rótulo ‘consumir de preferência antes de’.
Geralmente, nos supermercados e grandes superfícies, encontram-se produtos com DLC curta, que apesar de perfeitamente consumíveis, já não lhes resta muito tempo em prateleira, pelo que devem ser sempre privilegiados na hora das compras.

Continue a ler o artigo em Activa.

Últimas