Herdade Grande | Singularidades de uma Miúda (que não é loira)

A experimentar

“Descobre a tua singularidade e investe preparação, tempo e dedicação. O resultado será surpreendente.”

Irlei Hammes Wiesel

Herdade Grande é uma das mais emblemáticas propriedades alentejanas. Sediada no Alentejo, a 5 Km da Vidigueira, e berço centenário da família Lança, que ali se instalou em 1920, a Herdade Grande tem uma forte tradição no sector agrícola e na viticultura.

Herdade Grande A visão inovadora e experimentalista levou à conjugação das variedades emblemáticas da região com as grandes castas nacionais e internacionais que, pela adaptabilidade e originalidade, melhor contribuem para a expressão genuína dos vinhos alentejanos.

Herdade Grande Lançou no mercado duas novas colheitas de referências já consagradas no portfólio de vinhos da casa: o Herdade Branco 2022 e o Herdade Grande Rosé 2022. Estas propostas de verão, que renovam um dos rótulos mais antigos do baixo Alentejo, distinguem-se pela frescura conferida pelo terroir da Vidigueira.

Herdade Grande São acompanhadas da reedição, com a colheita de 2021, do Herdade Grande Tinta Miúda e do Herdade Grande Roupeiro. A chegada destes dois varietais significa a confirmação da continuidade de dois vinhos que, nas edições de estreia (em 2020), conquistaram grande aclamação.

Herdade Grande Herdade Grande Tinta Miúda, um tinto cativante nascido de uma casta menos comum no Alentejo, é um improvável e sedutor exercício de expressão da Vidigueira. Um vinho raro, acompanhado por outro de enorme distinção, o Herdade Grande Roupeiro Vinhas Velhas.

Continue a ler o artigo em No meu Palato.

Últimas