Vinho Verde e gastronomia: um casamento perfeito

A experimentar

Vinho verde e gastronomia andam de mãos dadas. Apesar de ser uma companhia natural para a variada gastronomia regional, o Vinho Verde apresenta um leque de harmonizações com comida de todo o mundo.

Passear pela Região dos Vinhos Verdes é também usufruir da excelência da sua gastronomia tradicional, sempre baseada em produtos originais e sazonais, numa tradição que se mantém. Petiscam-se coisas simples, passeando por muitas tascas, algumas delas centenárias, e que prometem dos melhores petiscos regionais.

Em toda a costa que vai de Caminha à Póvoa de Varzim, a abundância de mariscos e peixe fresco dá origem a alguns pratos muito populares, sendo as caldeiradas e as massadas de peixe os mais apetecíveis. Mas também o peixe fresco grelhado e assado no forno, ou as deliciosas fritadas de peixe miúdo, são muito populares.

De maio a novembro, saltam as sardinhas para as brasas em toda a região. E lá estão os Vinhos Verdes a fazer a companhia adequada a todos eles. No entanto, é o bacalhau que recolhe a maior procura e que tem grande tradição. Desde o simples bacalhau cozido ou à lagareiro, até pratos mais elaborados, este fiel amigo faz parte da nossa gastronomia e é provavelmente na Região dos Vinhos Verdes que é mais consumido. A acompanhar esta tradição, está o Enoturismo de muitos produtores que servem petiscos em que o bacalhau está presente.

Continue a ler o artigo em Observador.

Últimas