Too Good To Go apela ao combate do desperdício alimentar no Natal

A experimentar

A empresa Too Good To Go apelou hoje ao combate ao desperdício através da reutilização das sobras da comida de Natal, uma vez que nesta quadra é frequente a preparação de comida em excesso.

A Too Good To Go é uma empresa que opera através de uma app, vendendo excedentes de restaurantes, padarias e cafés locais por um preço baixo, que de outra forma seriam descartados.

Num estudo sobre o consumo alimentar nesta época festiva hoje divulgado, a Too Good to Go verificou que os portugueses desperdiçam até 10% da comida no Natal.

Segundo um comunicado da Too Good to Go, no estudo, conduzido em novembro a uma amostra de 1000 portugueses, 30% dos inquiridos apontaram a preparação excessiva de comida no Natal como causa para as sobras consideráveis, e 26% admitiram que o desperdício resulta da compra exagerada.

A Too Good To Go alertou por isso para os impactos ambientais decorrentes destes desperdícios.

“O impacto do Co2 é muito direto, porque quando desperdiçamos comida estamos a desperdiçar todos os recursos envolvidos na produção da mesma”, disse à Lusa a diretora de marketing para Portugal e Espanha da empresa, Mariana Banazol.

Apesar do desperdício, a Too Good To Go considera que há uma consciência crescente no sentido de reduzir gastos e critica a falta de campanhas de sensibilização e informações sobre o desperdício como um desafio.

A Too Good To Go sugere a reutilização das sobras natalícias para criar novas receitas, a boa preservação dos alimentos e a consciência sobre a quantidade de comida comprada.

“Se ainda não compraram a comida para estes momentos sociais, o meu apelo seria rever a quantidade de comida, mas também a preparação da mesma”, concluiu Mariana Banazol.

Últimas