https://images.impresa.pt/expresso/2023-06-02-SDC_EQUIPA_CHEF_LUIS_GASPAR_05.jpg-8e5e6490-1/1.91x1/mw-1200?outputFormat=jpeg

Chef Luís Gaspar: “Gosto de criar conceitos, juntar equipas e lançar projetos”

A experimentar

https://images.impresa.pt/expresso/2023-06-02-SDC_EQUIPA_CHEF_LUIS_GASPAR_05.jpg-8e5e6490-1/1.91x1/mw-1200?outputFormat=jpeg
Coliponense de gema, logo aos 15 anos anunciou à família a vontade de ser cozinheiro. Luís Gaspar é chamado de “cozinheiro dos arrozes”, mas o ofício vai muito além deste que é o produto que mais gosta de trabalhar. Este ano foi distinguido com o Prémio Chef de L’Avenir Chef do Futuro). Aos 32 anos segue ao comando dos restaurantes Sala de Corte, Pica-Pau e Brilhante, todos em Lisboa.

Entre sorrisos, Luís Gaspar revela que, por ser ingrediente que “mais gosto de trabalhar, todos me chamam o cozinheiro dos arrozes”. Reforçando a ideia, garante que, se só pudesse fazer um prato, a escolha recaía garantidamente no “arroz de lavagante, pela delicadeza do produto, pelo equilíbrio entre a cozedura do arroz e pela técnica”.

Nasceu em 1991, em Leiria, e logo aos 15 anos anunciou à família a vontade de ser cozinheiro. (…).

Continue a ler o artigo em Expresso.

Últimas