Vinhos com indicação obrigatória de ingredientes e calorias nos rótulos

A experimentar

Novas regras de rotulagem entram em vigor a 8 de dezembro, mas só terão execução prática em 2024, dado que se aplicam a vinhos produzidos após esta data.

Se é dos que gosta de saber quais os ingredientes do que come ou bebe ou quantas calorias ingere, sabe que, no vinho, essa é uma informação que não está disponível. Mas isso vai mudar, com a entrada em vigor do regulamento comunitário 2021/ 2117, que obriga a que, a partir de 8 de dezembro, também os vinhos tenham que prestar essas informações ao consumidor.

É verdade que já há empresas a fazê-lo antecipadamente, por iniciativa própria, mas a grande maioria acaba de receber uma prorrogação de prazo. É que a Comissão Europeia veio retificar o regulamento existente, especificando que entra em vigor a 8 de dezembro e se aplica a todos os vinhos produzidos a partir desta data. O que significa que os da vindima que se aproxima ficarão, ainda, isentos desta obrigatoriedade, dando mais tempo ao setor para se preparar.

Continue a ler o artigo em Jornal de Notícias.

 

Últimas