https://images.impresa.pt/expresso/2023-05-22-Viseu---Espumante-artesanal-Quinta-de-Cravaz-827a7eca/1.91x1/mw-1200?outputFormat=jpeg

Espumantes da região do Távora Varosa: vinhos de beber, de missa e de festa

A experimentar

https://images.impresa.pt/expresso/2023-05-22-Viseu---Espumante-artesanal-Quinta-de-Cravaz-827a7eca/1.91x1/mw-1200?outputFormat=jpeg

A Região do Távora Varosa foi a primeira a ser demarcada para espumantes em Portugal e permanece fiel à denominação de origem. Todo o espumante aqui produzido tem certificação oficial

Os lavradores do Távora Varosa chamam-lhe vinho de festa, para ocasiões especiais. Há ainda os de beber e os da missa. A região foi a primeira a obter a denominação de origem para espumantes, mas a história garante que o vinho de festa chegou muito antes.

É pela Ponte da Ucanha que se entra no Vale do Varosa. A ponte, encimada por uma torre que outrora cobrava portagem aos passantes, marca a entrada no Couto do Mosteiro de Salzedas. Já o Távora, outro rio de montanha, vem de Trancoso, da serra do Pisco. (…).

Continue a ler o artigo em Expresso.

Últimas