Três fatores relacionados com a alimentação podem ser responsáveis por aumento da diabetes tipo 2 no mundo

A experimentar

Os investigadores perceberam que, em todos os países analisados, houve um aumento generalizado do número de casos da doença entre 1990 e 2018

Um estudo desenvolvido por investigadores da Friedman School of Nutrition Science and Policy da Universidade Tufts, em Massachusetts, EUA, que analisou dados de 1990 e 2018 de 184 países, descobriu três fatores dietéticos – dos 11 analisados – que podem ser responsáveis pelo aumento da diabetes tipo 2, a mais frequente dentro dos tipos de diabetes, por todo o mundo.

A investigação, publicada na revista Nature Medicine, concluiu que uma alimentação deficiente foi um dos fatores que contribuiu para, em 2018, haver 14,1 milhões casos de diabetes tipo 2, mais de 70% dos novos casos em todo o mundo.

Além disso, os investigadores perceberam que, em todos os países analisados, houve um aumento generalizado do número de casos da doença entre 1990 e 2018, os dois anos tidos em conta, e que a má alimentação tem levado a um maior número de doentes homens relativamente ao verificado nas mulheres, em adultos mais jovens em relação aos mais velhos e em pessoas que vivem em áreas urbanas em comparação com as que habitam em zonas rurais.

Continue a ler o artigo em Visão.

Últimas