Leveduras do vinho podem ajudar a reduzir produtos químicos na vinha

A experimentar

Estas leveduras do vinho têm uma acção antagonista que permite o biocontrolo de agentes fitopatogénicos numa viticultura sustentável. Com ensaios já feitos, o próximo passo é aprovar biofungicida.

Colocar leveduras do vinho ao serviço da sustentabilidade na vinha não é novo, mas é algo relativamente recente e os produtos que existem já no mercado, de dois gigantes europeus, utilizam uma só levedura. Por cá, a empresa Proenol e investigadores da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) e da Associação para o Desenvolvimento da Viticultura Duriense (ADVID) juntaram-se para seleccionar leveduras que fossem capazes de actuar como protectores da videira e até como fungicidas biológicos e seleccionaram três, cuja acção conjunta promete.

Continue a ler este artigo em Público.

Últimas