Uma viagem pelos melhores hotéis de Portugal em 2003

A experimentar

A primeira edição do então “Livro da Boa Cama e da Boa Mesa” distinguiu 25 alojamentos com Chave de Ouro. Passaram 20 anos e, ainda que a grande maioria se mantenha de portas abertas, há a registar encerramentos definitivos. Recorde os vencedores e surpreenda-se com alguns dos nomes que lideravam a hotelaria nacional em 2003.

Um “livro para bem viver”. Assim se apresentava aos leitores a primeira edição do então chamado de “Livro da Boa Cama e da Boa Mesa”, relativo a 2003. Dividido por regiões, o guia apresentava uma seleção de restaurantes, esplanada, bares, discotecas e hotéis. “Não quisemos, porém, limitar-nos a publicar uma lista de estabelecimentos. Fomos mais longe. Assumimos o risco da escolha. E, assim, criámos um quadro de honra para os hotéis e restaurantes”, explica o editorial do primeiro guia. Nasceram, desta forma, os famosos “Garfo de Ouro”, para restaurantes, e “Chave de Ouro”, para os alojamentos.

A poucos dias da apresentação do Guia Boa Cama Boa Mesa 2023, disponível a partir de 31 de março, fica o convite para recordar os primeiros 25 vencedores de 2003:

Pousada do Crato foi premiada com Chave de Ouro na primeira edição do "Livro da Boa Cama e da Boa Mesa"
Pousada do Crato foi premiada com Chave de Ouro na primeira edição do “Livro da Boa Cama e da Boa Mesa”

Pousadas de Portugal dominam prémios

Em 2003, entre os 25 premiado com Chave de Ouro contavam-se sete Pousadas de Portugal: Arraiolos, Convento de Belmonte, Flor da Rosa, Lóios, Santa Maria do Bouro, Santa Marinha e Solar da Rede. Curiosamente, este foi o ano em que o grupo Pestana assumiu a gestão deste portefólio. Ao longo dos anos, alguns destes alojamentos foram concessionados a novas entidades, com destaque para o Convento de Belmonte que, muito recentemente, voltou a mudar de mãos. Esperam-se, para breve, obras de requalificação no edifício. Também a Pousada Solar da Rede, em Mesão Frio, no Douro, que encerrou em 2012, mas que poderá ser recuperada em breve.

Madeira em destaque

Para além das sete pousadas, o então “Livro da Boa Cama e da Boa Mesa”, premiou quatro hotéis na ilha da Madeira, já na época um apetecido destino turístico. Estalagem Quinta da Casa Branca, Hotel Cliff Bay Resort e Hotel Reid’s ganhavam destaque na oferta hoteleira e ainda hoje se mantêm entre os melhores do arquipélago.

Continue a ler o artigo em Expresso.

Últimas