Grandes espumantes nacionais à prova em Anadia no último fim de semana de março

A experimentar

 Mais de uma centena dos melhores vinhos espumantes nacionais vão ser dados a provar em Anadia, no último fim de semana de março, num evento inspirado no cosmopolita universo da ‘Belle Époque’, revelou fonte da Câmara Municipal.

“Vai ser algo que nunca aconteceu em Portugal, que é termos um encontro nacional de espumantes, estando reunidos no mesmo sítio aqueles que produzem os grandes espumantes nacionais”, destacou o vice-presidente da Câmara Municipal de Anadia, Jorge Sampaio.

O ‘Millèsime’ – 1.º Encontro Nacional de Espumantes vai ter lugar nos dias 25 e 26 de março, no Curia Palace Hotel, construído nos inícios do século XX, na Curia, concelho de Anadia.

Em declarações à agência Lusa, o autarca explicou que este é um evento que já estava pensado há alguns anos, mas que acabou por ser adiado até agora, por causa da pandemia causada pela covid-19.

“Teremos presentes 36 produtores de espumantes de todo o país, com alguns a trazerem duas, três ou quatro referências. Diria que teremos mais de 100 espumantes para provar, de grandes produtores de norte a sul do país, e ainda dois de Espanha”, informou.

Inicialmente, a organização tinha previsto um evento apenas com 30 produtores, no entanto, face à grande procura verificada, decidiram dar espaço a mais seis.

“Abrimos as inscrições para os produtores e, em duas semanas, esgotámos os espaços que tínhamos. Digamos que isto é um bom presságio para aquilo que pode vir a ser o Millèsime. Já temos uma lista de espera para o ano”, acrescentou.

Segundo Jorge Sampaio, faz todo o sentido que este evento tenha lugar em Anadia, em pleno coração da Bairrada, a região onde se produzem mais de metade dos vinhos espumantes nacionais.

“Na Bairrada produzimos entre 60 e 70% dos espumantes nacionais. Anadia, dentro da Bairrada, é o município que tem também à volta de 70% destes produtores”, justificou.

Cada produtor terá um espaço próprio para mostra e degustação dos seus espumantes.

A entrada no evento faz-se através da compra de um copo, com valor de 10 euros por dia ou 15 euros para os dois dias de visita.

Além do universo dos espumantes, o visitante vai poder usufruir da mostra e venda de iguarias, típicas da Região da Bairrada, que harmonizam com espumante: leitão da Bairrada, rojões da Bairrada, ostras, sushi e doces típicos bairradinos como os ovos moles, amores da Curia e morgadinhos.

O ‘Millèsime’ – 1.º Encontro Nacional de Espumantes é organizado pela Câmara Municipal de Anadia, em colaboração com a Comissão Vitivinícola da Bairrada, a Rota da Bairrada e a revista Grandes Escolhas.

Para o primeiro dia do evento está programada a iniciativa “À conversa com Pedro Guedes”, enólogo da Caves Transmontanas e autor do livro “Fizziologia – Elaboração dos Vinhos Espumantes segundo o Método Clássico”.

Terão ainda lugar as provas comentadas “Espumantes de Portugal e Espanha”, por Luís Lopes, diretor da Grande Escolhas; e “Harmonias – Espumantes e Leitão”, por Luís Antunes, jornalista e crítico de vinhos e gastronomia.

Para o segundo dia está prevista a mostra e degustação dos espumantes dos 36 produtores presentes, bem como duas provas comentadas: a primeira “Espumantes da Bairrada”, por Luís Lopes; e a segunda “Espumantes e Iguarias”, por Luís Antunes.

Últimas