Cozinha no mosteiro: Rota do Românico acolhe receitas antigas feitas no pote

A experimentar

Uma viagem no tempo através de locais e receitas plenas de história é o que propõe a inciativa que traz cozinha antiga elaborada em potes, ao calor do lume, a três mosteiros da região do Tâmega e Sousa. Primeiro de três eventos decorre em Travanca, dia 16 de fevereiro.

Ao encontro da identidade da região, três eventos prometem trazer a cozinha antiga aos claustros de três mosteiros da Rota do Românico na região do Tâmega e Sousa. Travanca, dia 16 de fevereiro; Pombeiro, a 16 de março e Ancede, a 13 de abril, são os três mosteiros que acolhem o evento de cozinha a quatro mãos. Em todas as edições cabe ao chef Renato Cunha a condução do processo de cozinhar no pote, ao lume, tarefa em que será secundado pelos chefs Miguel Cardoso, Pedro Machado e António Queiroz Pinto nos respetivos eventos.

O objetivo é revisitar a identidade da região, que passa naturalmente pelo património edificado, mas também pelas tradições gastronómicas. Num registo informal, em cada evento servem-se receitas confecionadas com produtos endógenos.

Continue a ler o artigo em Expresso.

Últimas