Na Galiza há um restaurante com duas estrelas Michelin e três estrelas minhotas

A experimentar

O restaurante Pepe Vieira, em Raxó, Pontevedra, acaba de receber a segunda estrela do prestigiado guia francês Michellin. É obra do chef Xosé Cannas e das “histórias que confeciona”, mas também tem a mão de três portuguesas do Minho.

Na garrafeira, na pastelaria e no design, Diana Peixoto, Ana Queirós e Catarina Peixoto dão um contributo para o conhecido restaurante galego se colocar num patamar à parte.

A história de Diana Peixoto e Ana Queirós é parecida, ambas tiraram cursos profissionais na área da cozinha, mas acharam que o que tinham aprendido não era suficiente. “Sentia que precisava de saber mais”, explica Ana. Foi por isso que, depois de ter tirado o curso de Cozinha e Pastelaria, na Escola de Tecnologia e Gestão de Barcelos, decidiu seguir para a Escola de Hotelaria e Turismo de Viana do Castelo, para estudar Gestão e Produção de Cozinha.

Diana Peixoto também começou por um curso profissional de Restauração e Cozinha, na Escola Secundária Martins Sarmento, em Guimarães. “Mas percebi, logo no estágio, no restaurante ‘Bucha’, que não tinha perfil para ficar fechada na cozinha. Precisava do contacto com as pessoas”, recorda. Foi assim que, em início de carreira, mudou da cozinha para a sala. Acabou por também ingressar na Escola de Hotelaria e Turismo de Viana do Castelo, com a mesma vontade de saber mais.

Escola de Hotelaria e Turismo de Viana do Castelo foi a rampa de lançamento

A escola vianense foi a rampa de lançamento para as duas portuguesas chegarem ao conhecido restaurante galego. O Pepe Vieira tem um protocolo de estágio com a escola e foi nessa qualidade que as duas entraram na casa.

Continue a ler o artigo em O Minho.

Últimas