Vinhos do Dão cresceram 18,2% em 2022

A experimentar

O presidente da Comissão Vitivinícola Regional (CVR) do Dão, Arlindo Cunha, mostrou-se orgulhoso do resultado de faturação da região demarcada no mercado externo, em 2022, ano durante o qual conseguiu um crescimento de 18,2% em valor.

De acordo com a CVR, os vinhos da Região Demarcada do Dão “continuam a destacar-se do panorama vinícola nacional e registaram o maior aumento nas exportações de vinhos em todo o país no ano passado”, tendo crescido “18,2% em faturação no mercado externo, um valor muito superior ao crescimento de 1,52% no conjunto dos vinhos portugueses”.

Aludindo a dados do Instituto Nacional de Estatística relativos ao mercado externo, a CVR explicou que, “entre janeiro e dezembro de 2022, em comparação ao período homólogo em 2021, os vinhos da Região Demarcada do Dão exportaram para 80 países e apresentaram um crescimento global de 1,3% em volume, 18,2% em valor e de 16,6% no preço médio litro”.

“A excelência e a qualidade dos nossos vinhos continuam a ser altamente reconhecidas tanto a nível nacional como internacional, o que nos deixa, naturalmente, muito orgulhosos”, afirmou Arlindo Cunha.

Segundo o responsável, o Dão tem conquistado “cada vez mais mercados e especialistas”, provando que “é um território cheio de potencial, competitivo e diferenciador”.

“Estes números de faturação no mercado externo são mais um passo significativo do nosso crescimento como região vinícola de referência, algo que no futuro queremos manter, consolidar e solidificar”, frisou.

Segundo a CVR, no último ano, os vinhos do Dão “faturaram mais de 24,5 milhões de euros com as vendas para o estrangeiro”, tendo como principais mercados de destino o Canadá, a Alemanha, os Estados Unidos da América, a Bélgica e o Brasil.

A CVR destacou também “o extraordinário desempenho no Reino Unido e na Espanha, que sobem 133% e 27% em volume, respetivamente”.

No que respeita à Zona Euro, “o Dão sobe 5% em volume e 8,7% no preço médio” e, nos países terceiros, atinge “um crescimento de 21% na faturação e de 22% no preço euro por litro, representando 64% das vendas no mercado externo”, acrescentou.

Últimas

Diane had been caught watching porn on her computer at work and was given milfbee.com a punishment by her boss. She was told to take her pants and panties xoxxx.net off and put on a strapon sex toy. She was then ordered to kneel tomfrigs.com in front of her boss and give her a handjob. Diane was nervous but bluefucking.com excited as she complied with her boss's demands. She felt the strapon against her pornoschip.com skin and suddenly realized how naughty she felt. She started to stroke her boss's firelard.com cock with increasing speed and she could feel her orgasm building. Finally, she let pornodocs.com out a loud moan as she came all over her boss's cock. Her boss bunnyporno.com was pleased and told her she would be back for more punishment soon.