Sabores do Ribatejo: estes são os melhores restaurantes de Santarém

A experimentar

Palco do mais antigo festival de gastronomia do país, Santarém junta o melhor do Tejo à força da lezíria. Dos peixes do rio à carne de touro, o património gastronómico da cidade e da região do Ribatejo merece ser conhecido à mesa dos melhores restaurantes.

Palco do mais antigo festival de gastronomia do país, Santarém junta o melhor do rio à força da lezíria. Os peixes do Tejo, com destaque para a fataça e o sável, o magusto com bacalhau assado, a carne de touro e os molhinhos de carneiro com grão são alguns dos pratos emblemáticos da cidade e da região. Os doces conventuais e os vinhos são outros produtos fundamentais na identidade deste território para conhecer à mesa dos melhores restaurantes, a partir de uma seleção Boa Cama Boa Mesa

Ò Balcão, em Santarém

Ò Balcão, em Santarém

Ò Balcão
O Ribatejo desagua aqui. A casa de Rodrigo Castelo perdeu “taberna” no nome, mas reforçou a ligação à memória, tradições e produtos da região, marcada pelas lezírias e pelo Tejo. No interior, o restaurante ganhou uma refrescante beleza, com destaque para o verde, a par da garrafeira que emoldura a janela para a cozinha. Mantiveram-se os tampos de mármore nas mesas, herança taberneira, mas reforçou-se a aposta no serviço e no trabalho de pesquisa e desenvolvimento, com óbvio destaque para os (até agora!) mal-amados peixes do rio, aqui tratados como proteína nobre, com curas adaptadas a cada uma das dezenas de espécies, da fataça ao achigã e do barbo à carpa e ao lúcio-perca, que o chef elegeu como desafio. Sem preconceitos, embarque no menu de degustação para perceber como a ousadia pode casar o infestante siluro, trabalhado como se de bacalhau se tratasse, com tendão de vaca e grão do Casal Vouga, ou chegar à mesa numa “Falsa cabidela de enguia e fraca”. Verdadeiro embaixador da região e premiado com um Garfo de Prata, o restaurante guarda outras surpresas, trabalhadas com a Escola Agrária de Santarém, como a cecina, a língua de vaca curada e fumada e, mais recentemente, o lombo de carpa. Preço médio: €35.
Rua Pedro de Santarém, 73, Santarém. Tel. 243055883

Taberna do Quinzena

Taberna do Quinzena

Taberna do Quinzena

Mais de século e meio de história são anos suficientes para fazer desta casa um espaço gastronómico de referência em Santarém. Especialmente se juntarmos à longevidade as salas sempre cheias dia após dia, prova irrefutável da qualidade da cozinha e do serviço. (…).

Continue a ler o artigo em Expresso.

Últimas