Melting Table Talks na próxima semana. Afinal quais são os pratos e os vinhos em prova?

A experimentar

Duetos de chefs e produtores vão juntar-se para conversar e, ao mesmo tempo, vão preparar diversos pratos, a acompanhar com vinhos de várias regiões selecionados pelo enólogo Carloto Magalhães. O EGGAS foi saber o que se vai comer e beber nas Melting Table Talks, do princípio ao fim.

Marcadas para a próxima semana – sexta-feira, 25 e sábado, 26 de novembro –, têm curadoria de Ricardo Dias Felner que é o moderador das conversas com produtores e chefs que acontecem em pleno Mercado do Bolhão, no Porto.

O dia 25 de novembro é dedicado à Terra e começa com Sopas. Natalie Castro, responsável pela cozinha do Isco, vai fazer um caldo verde a harmonizar com um Vinhas do Côa 2020.

Às 13h30, passamos para os Arrozes, em prova estará um Arroz de Costeletinhas, feito com Allorio vindo de Montemor-o-Velho, preparado pelo chef Marco Gomes, a servir com um Palato Côa tinto 2020.

De seguida, Edgardo Pacheco, autor do livro Os 100 Melhores Azeites de Portugal, conduz uma prova de 4 azeites em copo, e duas sobremesas, uma mousse de chocolate com 85% de cacau e um gelado de baunilha.

Edgardo Pacheco

Passando para o Horto, os chefs Nuno Castro e Renato Cunha vão cozinhar uma Feijoada de feijocas que se faz acompanhar pelo Quinta Vale de Fornos Touriga Nacional 2016.

Para terminar, André Magalhães (Taberna da Rua das Flores) vai fazer uma carne de porco à alentejana, onde não faltará o seu pimentão caseiro, que terá Riso Reserva Tinto 2014 a acompanhar.

Sábado, dia 26 de novembro, é dedicado ao Mar. Edu Pérez vai estar na grelha a preparar o seu mais famoso prato na emergente região da Andaluzia: uma gamba branca com brasa de videira e gordura de vaca, aqui o vinho é Quinta Vale de Fornos Branco 2019.

Gamba Branda na brasa | Edu Pérez

A seguir, Yayo Daporta vem de Espanha para transformar uma conserva de carapau, um dos peixes mais saborosos e sustentáveis que se podem meter numa lata, num prato de fine dining – carapau em azeite com paté de marisco e algas – com um Parceria Branco 2020 para acompanhar.

Passando para as Tripas de Peixe e Maturação, Juanlu Fernández (Cañabota) cozinha tripas de mero com grão de bico que vêm com um Cabeça Burro Branco reserva 2021, tudo isto numa terra onde as tripas vêm de bichos de quatro patas.

Um Réccua Tinto Expo Reserva 2014 com uma tábua do mar e smorrebrod por Rodolfo Vilar, que vem mostrar o trabalho que tem sido feito junto de comunidades de pescadores do Brasil e ensina a transformar peixes para a sustentabilidade.

As provas acabam com uma sopa de peixe da autoria do chef Vasco Coelho Santos que vem com um Palato Branco Reserva 2020.

Para quem quer trazer companhia, há preços especiais para bilhetes duplos e para 4 pessoas. Para garantir lugar aceda ao site do Melting Gastronomy Summit.

Bilhetes diários:
1 pessoa 50€
2 pessoas 80€
4 pessoas 120€

Para qualquer questão, fale connosco: melting.agavi@gmail.com

Bilhetes aqui

Veja o programa completo aqui.

Últimas