Cerca de 450 vinhos do Alentejo promovidos em Lisboa nos dias 18 e 19 deste mês

A experimentar

Cerca de 450 vinhos do Alentejo vão estar em prova, nos dias 18 e 19 deste mês, no Centro Cultural de Belém (CCB), em Lisboa, num evento com mais de 70 produtores, divulgou a entidade promotora.

Organizado pela Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA), o evento “Vinhos do Alentejo em Lisboa” pretende promover os vinhos da região e “regressa em grande” à capital, com 450 vinhos em prova, após dois anos de interregno devido à pandemia de covid-19.

A 12.ª edição da iniciativa, no âmbito da qual vai ser debatida a sustentabilidade no setor vitivinícola, “promete mostrar as características singulares das castas alentejanas”, disse a CVRA, em comunicado.

No evento, com início às 16:00 do dia 18, “os fãs de uma boa experiência de degustação” vão poder apreciar brancos, tintos e rosés de mais de 70 produtores do Alentejo, adiantou a CVRA.

Em ambos os dias, os visitantes vão poder também conhecer o Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo (PSVA), “uma iniciativa pioneira em Portugal” e que tem como objetivo “melhorar as práticas utilizadas nas vinhas e adegas, produzindo uvas e vinho de qualidade e economicamente viáveis”.

O programa integra um ‘workshop’ liderado por João Barroso, coordenador do PSVA, e que vai juntar os produtores com Certificação de Produção Sustentável.

Provas temáticas com direito a debates relacionados com as castas e as particularidades dos vinhos da região é outra das iniciativas previstas na programação, acrescentou a CVRA.

A Comissão Vitivinícola Regional Alentejana disse esperar “contar com a presença de mais de 3.500 visitantes” neste certame, no qual vai “dar a conhecer as novidades e novas colheitas dos produtores do Alentejo”.

Todos os que pretenderem aceder às provas dos vinhos, com “castas e aromas singulares”, podem adquirir o copo reutilizável no valor de 10 euros, segundo o comunicado.

O Alentejo é líder nacional em vinhos certificados, sendo responsável por cerca de 40% de valor total das vendas, num universo de 14 regiões vitivinícolas em Portugal.

Com oito sub-regiões vitivinícolas (Portalegre, Borba, Redondo, Reguengos de Monsaraz, Vidigueira, Moura, Évora e Granja/Amareleja), o Alentejo, possui uma área de vinha de 23,3 mil hectares, disse a CVRA.

Um total de 30% da sua produção tem como destino a exportação, sendo atualmente o Brasil, Suíça, Estados Unidos da América, Reino Unido e Polónia os principais mercados.

O Alentejo, é também “uma das duas únicas regiões do mundo que produz Vinho de Talha há mais de dois mil anos”, segundo o comunicado da comissão vitivinícola.

Últimas