Figueiró dos Vinhos promove nova edição da Feira de Doçaria Conventual

A experimentar

A Câmara de Figueiró dos Vinhos, no distrito de Leiria, promove nos dias 29 e 30 mais uma edição da Feira de Doçaria Conventual, iniciativa que inclui animação cultural.

A iniciativa decorre no Convento de Nossa Senhora do Carmo dos Carmelitas Descalços e conta, nesta 16.ª edição, com uma tenda no interior do espaço, o que permite ampliar a área do certame.

Numa nota de imprensa, a Câmara de Figueiró dos Vinhos explicou que a feira vai disponibilizar “os mais variados doces conventuais e licores de várias regiões do país”, havendo também na programação música, teatro e um ‘workshop’ destinado às crianças.

O certame abre portas às 11:00 de dia 29, um sábado, e à tarde, as crianças, dos 04 aos 12 anos, podem participar na atividade ‘cupcakes de outono’.

Ainda neste dia, a Oficina de Teatro de Condeixa apresenta “Doce impro ou impro doce?”, possibilitando “ao público intervir e decidir o percurso de um enredo inspirado em lendas e histórias do concelho”, de acordo com a mesma nota.

No dia 30, o certame recomeça às 10:00 e, ao longo do dia, há animação pelo grupo musical “4tíssimo”, enquanto à tarde é a vez do concerto pelo “Coimbra Gospel Choir”.

A feira fecha, nos dois dias, às 19:00.

À agência Lusa, a vereadora Marta Brás esclareceu que a edição de 2022 segue-se a uma feira, no ano passado, “muito condicionada” ainda devido ao contexto pandémico.

“Uma vez que estamos agora num contexto, felizmente, diferente, este ano vamos concretizar aquilo que já era o pretendido no período pré pandemia, que era alargar o âmbito da nossa feira”, adiantou.

Segundo a vereadora, nas duas últimas edições o Município tinha “a perceção de que havia aqui um interesse dos doceiros em estarem na feira”, mas o espaço não permitia ter mais do que 10.

“Vamos ter um alargamento da área de expositores com uma tenda que vai cobrir uma parte da entrada do nosso convento”, referiu, notando que tal representa um acréscimo de área com 125 metros quadrados.

Para já, estão confirmados 11 doceiros, mas as inscrições permanecem abertas, assinalou.

Por outro lado, os visitantes vão ter possibilidade de ter um espaço onde podem sentar-se, conviver e estar mais tempo no certame.

“As pessoas reclamavam, de certa forma, a feira ser só um ponto de passagem, onde compravam os doces e tinham de sair”, admitiu, acrescentando que a Feira de Doçaria Conventual, de entrada gratuita, vai ter, também, “uma melhoria da sinalização e, também, de decoração no exterior do edifício”, e “uma sala de receção ao visitante”, com, entre outra, “informação histórica relativamente ao próprio convento”.

Questionada sobre o número expectável de visitantes, Marta Brás remeteu para anos anteriores, com “umas boas centenas de pessoas, se calhar até milhares, neste fim de semana”.

O Convento Nossa Senhora do Carmo dos Carmelitas Descalços foi fundado em Figueiró dos Vinhos em 1598, segundo o sítio na Internet da Câmara.

Últimas