Alimentação: custo do cabaz de produtos básicos aumentou 15% em dez meses

A experimentar

Segundo o Banco de Portugal, de outubro de 2021 a agosto de 2022 os cereais e a carne registaram os aumentos mais elevados, da ordem dos 20%, enquanto os laticínios e vegetais tiveram aumentos acima de 10%

Entre outubro de 2021 e agosto de 2022 o crescimento médio do custo do cabaz de produtos alimentares básicos situou-se em torno de 15%, com preços de alguns produtos com variações superiores a 20% e outros com variações negativas.

Esta é uma das conclusões do boletim do Banco de Portugal (BdP), publicado esta quinta-feira, que considerou um cabaz composto por 25 produtos e as quantidades de consumo mensal recomendadas.

Continue a ler o artigo em Expresso.

Últimas