Região do Vinho Verde espera um ano excecional

A experimentar

Especialistas apontam para um aumento da produção com uvas de grande qualidade

Com a vindima já adiantada em quase todos os 48 concelhos que constituem a Região Demarcada do Vinho Verde, as impressões apontam para um bom ano vinícola. Esperam-se quantidades em linha com o ano anterior ou até um pouco melhores e uvas de qualidade. A seca que trouxe graves problemas, em outras zonas, na Região do Vinho Verde, só causou alguns “escaldões” pontuais, não afetando o panorama de uma colheita excecional.

José Paulo, proprietário e responsável pela enologia na Casa de Sezim, em Guimarães, com apenas alguns dias de vindima, está confiante que este será um bom ano. Os mostos que se provam na adega desta casa secular dão as primeiras indicações sobre a frescura e o aroma e os sinais são positivos. O responsável pela vinha, Paulo Mendes, não se deixa levar por entusiasmos, “até aqui está tudo a correr muito bem, mas ainda falta um bocado até ao final, esperemos que a chuva não venha estragar a festa”.

Continue a ler o artigo em O Minho.

Últimas