Adega de Cantanhede investe 2,5 ME na modernização da área produtiva

A experimentar

A Adega de Cantanhede, no distrito de Coimbra, está a investir 2,5 milhões de euros (ME) na modernização de toda a área produtiva, estando prevista estar concluída no final deste mês ou início de setembro.

“Este investimento visa essencialmente a melhoria das linhas de engarrafamento. É uma reformulação a todo o nível daquilo que é o circuito produtivo das linhas de engarrafamento e todo o processo ligado à produção”, revelou à agência Lusa, o diretor financeiro da Adega de Cantanhede, Carlos Reis.

Complementarmente, “toda a área de chão de fábrica foi restruturada para receber estes novos equipamentos”, disse a responsável pela exportação e pelo marketing, Maria Miguel Manão.

Esta intervenção surge da necessidade de substituir os equipamentos antigos que estavam a laborar e de “garantir a capacidade de responder de forma atempada às necessidades dos clientes”, já que há um aumento de vendas de vinhos engarrafados, acrescentou, Maria Miguel Manão.

A obra de modernização de toda a área produtiva está prevista ficar concluída no final deste mês ou início de setembro.

“É um investimento relevante e necessário. Tinha de ser feito, para dar resposta a todas estas necessidades de mercado, satisfação de encomendas e volume de negócios, que, de alguma forma”, vem crescendo, frisou, Carlos Reis.

A Adega de Cantanhede também já tinha procedido a outro investimento no valor de 1,5 milhão de euros, há cerca de cinco anos, para melhorar as condições de vinificação, ou seja, toda a fase primária do processo produtivo de vinho.

O diretor financeiro da Adega de Cantanhede, deu ainda nota de que a organização concretizou, no início do ano, a compra de uma área adjacente à adega, que era do Instituto da Vinha e do Vinho (IVV).

A cooperativa ainda não sabe o “destino final” daquela área, já que a intenção é decidir após uma consulta alargada a todos os associados.

Fundada a 1954, a Adega de Cantanhede, no distrito de Coimbra, conta com cerca de 500 associados ativos (que entregam uva todos os anos) e mais de 1.200 inscritos.

Segundo a organização, a adega está presente em mais de 20 mercados, nomeadamente Brasil, EUA, Inglaterra, França, Canadá e Japão.

Últimas