Férias são férias: 7 sugestões para comer de forma saudável e sem esforço

A experimentar

Se quer relaxar nas férias, mas não quer fazer pausa nas regras de uma alimentação saudável que a ajudam a sentir-se bem e a cuidar da linha, este artigo é para si.

Em parceria com:

Férias são férias: 7 sugestões para comer de forma saudável e sem esforço

Vai de férias e a última coisa que quer é perder tempo na cozinha. Nem precisa, pois é possível fazer refeições deliciosas e saudáveis sem ter trabalho. E sem pensar, o que é tão ou mais importante.

Sabia que todos os dias tomamos mais 200 decisões relacionadas com comida? O que cozinhar, em que quantidade, em que prato servir, o tamanho da porção, com que acompanhamento, o que beber, qual a sobremesa… No meio de tanta indecisão, acabamos muitas vezes por recorrer ao que é mais prático, mas nem sempre mais saudável.

E é assim que no final das férias a balança acusa o peso a mais que ganhou e também o corpo pode dar outros sinais relacionados com os excessos cometidos. Este ano vai ser diferente.

7 sugestões para comer saudável sem esforço

Já todos sabemos: uma alimentação saudável passa pelo consumo de fruta e vegetais. Mas passar da teoria à prática é que pode ser mais complicado. Felizmente, a Sonatural pensou em tudo e está aqui para ajudar.

1. Shots para fazer um reset após uma noite de copos

Os shots funcionais são uma forma fácil de ter o melhor da fruta e dos legumes em poucos goles. Parece uma garrafa de bebé, mas está tudo lá: fruta, vegetais, superalimentos e outros componentes benéficos para o organismo.

Tudo em doses pequenas num concentrado de vitaminas, minerais, antioxidantes e anti-inflamatórios que vão dar um boost de energia e bem-estar. E ainda favorecem a perda de gordura e ajudam o sistema imunitário.

Normalmente, são consumidos em jejum para a absorção ser mais eficaz, mas qualquer que seja a hora, assim que o bebe sente logo aquela dose extra de energia.

 Estão disponíveis nas versões Shot de Gengibre e Shot de Turmérico e Pimenta Cayenne.

Continue a ler o artigo em Saber Viver.

Últimas