Lançadas novas colheitas (2021) de Moscatel Roxo Rosé e Verdelho da Colecção Privada do enólogo Domingos Soares Franco

A experimentar

A José Maria da Fonseca lançou as duas novas colheitas da Colecção Privada DSF para saborear durante a nova estação: o Moscatel Roxo Rosé e o Verdelho 2021. Esta gama de vinhos traduz na perfeição a paixão, o espírito criativo e a dedicação que o enólogo Domingos Soares Franco, galardoado no ano passado com o prémio de personalidade do ano no vinho e enólogo do ano de vinhos generosos, impõe nas suas criações, para uma experiência autêntica.

Proveniente de solos argilo-calcários, o Colecção Privada DSF Moscatel Roxo Rosé 2021 é um vinho caracterizado pela frescura e pela singularidade, porque é produzido com recurso a uma casta nobre e muito rara. Com uma persistência aromática a rosas brancas, este rosé apresenta uma cor salmão claro e revela um paladar longo com notas florais.

O Colecção Privada DSF Verdelho 2021 é um branco persistente e equilibrado com aromas florais a lantanas e a frutos exóticos. De cor amarelo citrino e oriundo de solos argilo-calcários, este vinho apresenta um paladar fresco e exótico, em sintonia com os aromas de nariz.

«Em todas as colheitas da Colecção Privada tenho total liberdade e criatividade para decidir que vinhos vou fazer e como os vou fazer. Isso permite-me ir buscar várias ideias e inspirações resultando em criações de vinhos únicos e diferenciadores», refere Domingos Soares Franco.

Artigo publicado em APENO

Últimas