Experiências de Enoturismo contam a história dos 40 anos de Soalheiro

A experimentar

40 anos depois de ter nascido a primeira marca de Alvarinho em Melgaço, é tempo de celebrar o território e as mais de 150 famílias que fazem do Soalheiro uma referência na região. E porque uma festa só faz sentido com convidados, o Soalheiro tem várias experiências de enoturismo à espera daqueles que quiserem celebrar o território ao lado da família de famílias que hoje escrevem a sua história.

Monção e Melgaço é a região onde o Soalheiro se encontra, no centro do vale do Alvarinho, com vista privilegiada sobre o território. Do seu terraço panorâmico veem-se as montanhas e o Rio Minho, o típico casario minhoto envolto pelo verde da floresta e das vinhas – vinhas estas que são pequenas parcelas e que as famílias de produtores tratam como jardins, nos tempos livres, numa viticultura de minifúndio.

A pensar no verão que está à porta, o Soalheiro oferece novas experiências de enoturismo, que incluem provas de vinhos e infusões, como uma prova especial para celebrar os 40 anos e, ainda, harmonizações gastronómicas com produtos típicos da região – todas elas com a oportunidade de usufruir do alojamento local da quinta.

Este ano, o destaque vai para a novidade que celebra os 40 anos do Soalheiro. Uma prova exclusiva, que reúne a experiência imersiva da história do Alvarinho e desta “família de muitas famílias”. A prova (120€) convida a degustar a evolução do “Soalheiro” e a explorar a elasticidade da casta Alvarinho. É possível provar duas colheitas antigas, os quatro vinhos da Edição Especial Soalheiro 40 anos, o Soalheiro Clássico 2021, e outras cinco outras referências à escolha, das colheitas atuais. Com duração de duas horas e sem número mínimo de pessoas, a prova inclui, ainda, uma visita à Vinha, ao Campo das Infusões e à Adega e Cave da Inovação, bem como uma Prova de cuba nesta cave. Se a deslocação até Melgaço não for uma opção, o Soalheiro vai até casa, para uma Prova Digital, que oferece tudo o que é preciso para celebrar os 40 anos do produtor (195€).

Continue a ler o artigo em Enoturismo de Portugal.

Últimas