Comer em conta na RetroKitchen, uma casa com memórias da avó e cultura pop

A experimentar

Queriam emigrar, mas uma passagem pela Rua do Anjo apresentou um armazém à venda e mudou os planos. Rui Pereira e Tânia Gomes criaram uma segunda casa cheia de referências que os apaixonam: as retro.

Entrar na Retrokitchen é “entrar em casa”. É esta a sensação que Rui Pereira e Tânia Gomes querem transmitir a quem chega. O sorriso aberto e efusivo com que todos os clientes são recebidos está presente até na carta. O último prato da ementa é “simpatia”. O preço? “Impagável”.

Rui Pereira e Tânia Gomes abriram o restaurante Retrokitchen, em 2014. (Fotografia de Gonçalo Delgado/Global Imagens)

A esplanada do espaço está repleta de referências retro. (Fotografia de Gonçalo Delgado/Global Imagens)

A sala interior está decorada com peças de louça, posters de cinema e até um quadro do ”menino da lágrima”. (Fotografia de Gonçalo Delgado/Global Imagens)

Na estreita rua do Anjo, em Braga, abre-se, por entre restaurantes, casas e lojas, uma portada com a mesa de madeira quase no passeio. Faz lembrar a preparação para um arraial de santos populares. Mas, na verdade, no número 96 encontra-se a Retrokitchen, o restaurante do casal de bracarenses. Um estabelecimento do género “nunca esteve nos planos”, conta Tânia. (…)

Continue a ler este artigo em Evasões.

Últimas