Natureza, património, arte e vinho verde na vila de Amares

A experimentar

Entre Braga e o Gerês, Amares é uma vila minhota que deve parte da fama aos vinhos verdes que produz e à gastronomia farta. Com um rico passado histórico é também um elogio à natureza, influenciada pelos rios Cávado e Homem. Para ver, este sábado (11h35) na SIC Notícias.

Berço de notáveis vinhos verdes, agrupados na sub-região do Cávado, Amares guarda no brasão um outro tesouro: a laranja, que aqui garantem, ser mais saborosa e suculenta nos meses sem a letra “r”, ou seja, entre maio e agosto. Entre Braga e o Gerês, esta vila minhota deve parte da fama aos vinhos verdes que produz e à gastronomia farta. O restaurante Cruzeiro é conhecido pelos pratos regionais, feitos em fogão a lenha, como os “Rojões à moda do Minho com papas de sarrabulho”.

Continue a ler o artigo em Expresso.

Últimas