Portugal com 296 medalhas no concurso mundial de Bruxelas

A experimentar

Seis grandes medalhas de ouros para os vinhos nacionais.

Portugal foi o quarto país mais medalhado na última edição do Concurso Mundial de Bruxelas, que decorreu em Cosenza, na Calábria, Itália. O país foi galardoado com 296 medalhas, das quais seis Grandes Medalhas de Ouro, a distinção mais elevada deste concurso.
Na sessão de vinhos tintos e brancos, que decorreu entre 19 a 21 de maio, foram provadas mais de 7.300 amostras de quase 40 países em todo o mundo. Entre os vencedores estão vinhos de seis continentes, incluindo todos os países produtores de vinho estabelecidos em todo o mundo, mas também locais excepcionais como China, Peru e até Cazaquistão.
O vinho branco com maior pontuação na competição deste ano é o Mar de Frades Finca Valiñas 2017 – um Albariño de Rias Baixas, Espanha. O melhor vinho tinto vem da Moldávia – o Fautor Negre 2017 é uma mistura das variedades nativas Feteasca Neagra e Rara Neagra.

Continue a ler o artigo em Revista de Vinhos.

Últimas