Torta de framboesa e pistáchio # Raspberry and pistachio torta

A experimentar

 

Este é para mim um final de Primavera com o sabor quente do Verão.

Regressei há dias do sul, para um Norte que agora está mais frio mas o calor e os cheiros do Barlavento algarvio ainda os tenho comigo. E mesmo agora enquanto o vento sopra furiosamente lá fora, ainda tenho gravados nos sentidos os campos ondulantes de trigo dourado, as muitas nuances do azul do mar e o perfume das estevas. Sempre o perfume singular das estevas, exalado sob o calor do sol. É um dos detalhes que para mim define Odeceixe.

Mas estou de volta. E apesar do desafio que é sempre saltar da calmaria para a agenda e rotina do dia a dia, este ano tinha à minha espera uma novidade, a primeira colheita de framboesas. As primeiras framboesas pretas que quando maduras mais parecem amoras xxl, mas apenas na aparência.

Por agora são uma constante no nosso batido diário e a primeira sobremesa que me apeteceu fazer com elas foi esta torta, cuja massa é a minha receita de sempre da bem conhecida torta de noz. Super fofa e macia, humedecida com sumo de laranja natural e com as natas que a cobrem e recheiam.

Esta é a tela perfeita para estas deliciosas bagas.

 

 

 

In English

I came back days ago from the south, to a north that is now colder but the warmth and scents of the Windward of Algarve remain with me. And even now as the wind blows furiously outside, I still have engraved in the senses the rolling fields of golden wheat, the many shades of blue of the ocean and the scent of the cistus. Always the singular scent of the cistus, exhaled under the heat of the sun. It´s one of the details that for me defines Odeceixe.

But I´m back. And despite the challenge that is always to jump from the lull into the everyday agenda and routine, this year I had a novelty expecting me, the first harvest of raspberries. The first black raspberries that when ripe look like xxl blackberries, but only in appearance.

For now they are a constant in our daily smoothy and the first dessert I wanted to make with them was this torta, whose dough is my usual recipe of the well-known walnut torta (torta de noz). Super fluffy and soft, moistened with natural orange juice and the cream that covers and fills it.

It´s the perfect canvas for these delicious berries.

 

 

 

 

 

 

Ingredientes:

  • 250 g de açúcar
  • 8 ovos
  • 75 g. de farinha sem fermento
  • 75 g. de fécula de batata
  • 1 colher de chá de fermento

Para cobrir e rechear:

  • 400 ml de natas frescas, bem frias
  • 30 g de açúcar
  • Cerca de 250 g de framboesas
  • 50 g de pistáchios picados
  • Sumo de laranja para salpicar o bolo

Continue a ler o artigo em Pratos e Travessas.

Últimas