Produção nacional de trigo só cobriu 6,3% das necessidades em 2021. E cenário tende a agravar-se

A experimentar

Guerra na Ucrânia não afeta abastecimento de trigo a Portugal, apesar da forte dependência externa em face de um grau de aprovisionamento inferior a 10%, mas tem impacto nos preços internacionais.

A produção nacional só satisfez 6,3% do trigo utilizado em Portugal para as mais diferentes finalidades, como para consumo humano, alimentação ou uso industrial, o que compara com 59,9% em 1990, revelam dados publicados, esta quinta-feira, pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Os números são ilustrativos da “forte dependência externa em relação ao abastecimento do trigo” por parte de Portugal que, aliás, tem há mais de uma década um grau de autoaprovisionamento inferior a 10%. Por conseguinte, assinala o INE, a balança comercial de trigo em Portugal tem sido deficitária, alcançando 286 milhões de euros em 2021.

Continue a ler o artigo em Jornal de Negócios.

Últimas