Cosa succede? A loucura dos novos restaurantes italianos em Lisboa

A experimentar

No último ano, apesar da pandemia, Lisboa assistiu à abertura de mais de uma dezena de restaurantes italianos, entre espaços mais tradicionais a projetos arrojados na oferta, decoração e ambiente. Conheça a seleção de novos italianos na capital e prepare-se para celebrar o dia nacional de Itália.

A cozinha italiana há muito conquistou o mundo e Lisboa, enquanto capital europeia, não fica imune à presença das mais importantes gastronomias internacionais. Certo é que a cozinha italiana ganha adeptos e que os espaços que lhe são dedicados são um sucesso, com a particularidade de hoje oferecem uma cozinha que vai muito além de pasta e pizza, e mesmo estas duas referências incontornáveis atingem níveis de qualidade sem comparação. Apesar da pandemia, no último ano, Lisboa assistiu à abertura de mais de uma dezena de restaurantes italianos. E a febre parece não ter fim… Para ajudar na escolha, em vésperas das celebrações do Dia Nacional de Itália (6 de junho), o Boa Cama Boa Mesa sugere sete novidades que merecem reserva.

Restaurante Libertà

Restaurante Libertà

Libertà, cosmopolita e autêntico
Um teto forrado a cereais faz todo o sentido quando as massas de vários géneros são tão importantes na cozinha italiana. O teto do novo restaurante do coletivo de cozinhas Lisbon Street Kitchen, está coberto com 80 mil espigas suspensas. A cozinha é aberta e tem aos comandos Sílvio Armanni que passou pelo estrelado Luca Fantin, em Tóquio, e conquistou uma estrela Michelin para o Octavium, em Hong Kong. “Ravioli de carne com pancetta, sálvia, manteiga e parmesão” lembram Bergamo, a cidade natal do chef. As massas frescas marcam a carta. Um singelo “Spaghetti Pomodoro”, preparado de forma exemplar, é de ir aos céus. Nas entradas, o “Lírio cru marinado” e “Tártaro de novilho” acompanham bem a focaccia fina no forno com queijo Stracchino. No Libertà prove o “Robalo selvagem na grelha” com puré de raiz de aipo e a “Costeleta de vitela panada à milanesa”. Brinde com “Libertà Mule” (vodka com infusão de cardamomo e tomilho, licor de flor de sabugueiro, ginger beer e lima). Experimente agora o tradicional aperitivo italiano, com petiscos e bebidas, entre as 15h00 às 19h00, de quarta-feira a sábado. Farinhas, massas, biscoitos, azeites e tomates San Marzano estão à venda na loja do restaurante.
Rua Rodrigues Sampaio, 39, Lisboa. Tel. 213541182

Rocco

Rocco | Francisco Nogueira

Rocco, sofisticado e versátil
Abrem-se as portas e a reação inicial é um sonoro “uau!”. É esse o efeito provocado por este restaurante cosmopolita, que engloba três áreas em diferentes momentos: um Gastrobar, com pavimento marmoreado, balcão central, vasta seleção de vinhos e cocktails, petiscos frios e quentes, queijos e charcutaria; o resguardado Crudo Bar, onde se servem desde mariscos a ceviche, e um Ristorante dedicado à autêntica cozinha italiana. O marisco é a estrela da carta. As “maravilhas do mar” têm um lugar transversal, tanto na ementa do Gastrobar como do Ristorante, a saber: “Linguini de Lavagante”, “Ravioli de sapateira” e “Risotto de Carabineiro”, entre outras opções. Mas, no Rocco Ristorante, também há clássicos italianos para provar (…).

Continue a ler o artigo em Expresso.

Últimas