75% das empresas de alimentos e bebidas mundiais acreditam que fatores ambientais estão a impactar o setor

A experimentar

O mais recente Global Food and Beverage Survey Report da WTW indica que os riscos ESG são dos que mais preocupam as organizações, com o risco de reputação a ser cada vez mais considerado como crítico para o sucesso.

Os riscos de Ambiente, Responsabilidade Social e de Governação (ESG, na sigla original) têm um impacto cada vez maior no setor alimentar e de bebidas, à medida que este enfrenta os desafios combinados de controlar o impacto ambiental dos processos de produção e a perturbação da cadeia de abastecimento.
Num novo inquérito global, a WTW (NASDAQ: WTW), empresa líder mundial em consultoria, corretagem e soluções, descreve as pressões que o setor alimentar e de bebidas enfrenta como resultado da turbulência dos últimos dois anos, desde o impacto da pandemia até à rutura da cadeia de abastecimento causada pela volatilidade global, particularmente no que diz respeito ao conflito entre a Rússia e a Ucrânia, que é suscetível de ter um impacto significativo no abastecimento alimentar global.

O inquérito também indica:

  • A marca e a reputação, que está fortemente ligada à sustentabilidade, são um grande risco (46%), mas 55% dos inquiridos não tinham qualquer cobertura de reputação.
  • 73% afirmaram que a sua empresa não tinha um seguro específico para riscos ambientais e 67% não tinham cobertura de riscos ligados à cibersegurança. 42% não tinham cobertura para a recolha de produtos. Todos estes foram classificados como fatores de risco.

Continue a ler o artigo em iAlimentar.

Últimas