Petiscar pelo interior: os melhores restaurantes para apreciar a Beira Baixa

A experimentar

Entre Castelo Branco, Idanha-a-Velha, Oleiros e em pequenas aldeias onde o tempo passa carregado de cheiros da natureza, são os aromas vindos da cozinha que convidam a entrar e a apreciar a gastronomia desta região.

“Maranhos à beirã com couves da horta” e o “Cabrito da serra com batatinha e esparregado” são pratos de conforto, tradicionais desta zona do interior do país. Mas há muito mais para provar, sem esquecer os doces, como a “Tigelada”, o “Arroz-doce” e o “Leite-creme”. Aventure-se pela Beira Baixa, e descubra estes restaurantes, a maior parte, incluídos na edição do 2022 do guia Boa Cama Boa Mesa.

Cabra Preta

Cabra Preta

Cabra Preta
O novo prato “Pernil tostado no forno com batatinha e legumes da época” é já um sucesso. A cozinha é sazonal e privilegia os produtos autóctones e a “comida-raiz” tradicional. No inverno, há “Serrabulho da Beira”, com vinho, laranja e um pouco de sangue. No restaurante Cabra Preta, o queijo é transversal, da “Caganita de cabra puro” ao “Lombinho de porco com queijo corno”. Descubra o segredo do doce “Manjar do Pastor” e prove a nova cerveja artesanal da casa. Preço médio €30.
Rua de Santa Maria, 13, Castelo Branco. Tel. 272 030 303

Dona Ferreirinha

Dona Ferreirinha

Dona Ferreirinha
A ementa é rica em receituário de cozinha portuguesa, com foco nas abordagens regionais, como os “Maranhos à beirã com couves da horta” e o “Cabrito da serra com batatinha e esparregado”. Para apreciadores de bacalhau há uma lista bem recheada de pratos: “no Barro”, braseado ou confitado com broa. Os bifes, no restaurante Dona Ferreirinha, também têm peso na carta. Nas sobremesas, as “Farófias” são um clássico imbatível. A casa guarda mais de 300 referências vínicas. Preço médio €20.
Rua Tomás Mendes da Silva Pinto, Castelo Branco. Tel. 272 086 621

Continue a ler o artigo em Expresso.

Últimas