O melhor do Alentejo, em 10 restaurantes imperdíveis em Évora

A experimentar

Dos “Pezinhos de coentrada” aos “Torresmos do rissol”, passando pelo “Toucinho com alho” ou pela “Língua de vaca estufada”, a gastronomia do Alentejo é rica e cheia de sabores ancestrais, perfumados com os temperos do campo, habilmente cozinhados, lentamente, por mãos experientes. Na capital do Alentejo, perca-se pelas estreitas ruas de Évora e descubra, com tempo, estes dez restaurantes, que fazem parte da seleção da edição de 2022 do guia Boa Cama Boa Mesa.

Híbrido

Híbrido

Híbrido
As cozinhas ancestral e tradicional alentejana cruzam-se à mesa deste recente espaço de restauração da dupla de chefs João Narigueta e Filipe Rebocho, situado a dois passos da Praça do Giraldo. A “Empada de caça” e o “Lúcio-perca com escabeche” são exemplos maiores de tão ditosa pesquisa, centrada em vetustas receitas encontradas em livros dispostos na estante da sala. No restaurante Híbrido adiciona-se a técnica, aperfeiçoam-se os sabores… et voilá! A lealdade para com a produção local é extensível a todos os pratos. Cebola roxa, de Montemor-o-Novo, cogumelos do Alentejo e hortícolas do distrito de Évora conferem o respeito pela matéria-prima da região. Recebeu a distinção de Mesa com Mérito na edição de 2022 do guia Boa Cama Boa Mesa. Preço médio €35.
Rua de Serpa Pinto, 34, Évora. Tel. 961432319

Café Alentejo

Café Alentejo

Café Alentejo
É sob os tetos abobadados e entre grossas paredes em pedra que a cozinha alentejana ganha expressão aqui desde 1999. As sugestões da semana são opções a considerar caso se imponha a pressa, mas atente à ementa. Saboreie os “Pastéis de massa tenra” e as “Empadinhas de galinha”. No Café Alentejo escolha as “Bochechas de porco assadas no forno” e o “Bife à Café Alentejo”. Harmonize os pratos com uma das mais de 300 referências da cuidada garrafeira do restaurante. O “Torrão real de Évora” fica para a sobremesa. Preço médio €25.
Rua do Raimundo, 5, Évora. Tel. 266706296

Degust’Ar

Degust’Ar

Degust’Ar
A novidade confere dois menus de degustação, que convidam a um pequeno desvio da cozinha alentejana. “Carabineiro, especiarias, aipo e ovas”, “Robalo, arroz, camarão e bivalves” e “Novilho, caju, batata e espargos” confirmam a mudança. Em contrapartida, a harmonização vínica abre caminho a pequenos produtores da região. Esta viagem pelo restaurante Degust’Ar segue as coordenadas gastronómicas implementadas pelo chef António Nobre, que na carta se mantém fiel ao receituário local neste espaço icónico de Évora. Preço médio €45.
Rua Cândido dos Reis, 72, Évora. Tel. 266740700

Continue a ler o artigo em Expresso.

Últimas