Prémios para a inovação: dos restos de peixe a fungos, passando pela dieta e microscópios

A experimentar

Quatro projectos científicos do Instituto Gulbenkian de Ciência e do Instituto de Tecnologia Química e Biológica receberam até 50 mil euros.

Quatro projectos de cientistas do Instituto Gulbenkian de Ciência (IGC) e do Instituto de Tecnologia Química e Biológica (ITQB) da Universidade Nova de Lisboa foram distinguidos na primeira edição do Fundo de Prova de Conceito InnOValley. Cada um dos projectos recebe até 50 mil euros.

O Fundo de Prova de Conceito InnOValley é uma iniciativa da Unidade de Inovação InnOValley, que é partilhada entre o IGC e o ITQB. Esta é uma parceria entre estas instituições científicas e o Município de Oeiras. O valor do financiamento desta primeira edição foi de 200 mil euros e foram submetidas 14 candidaturas.

Continue a ler o artigo em Público.

Últimas